quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Fundação Dorina Nowill para Cegos proporciona programação cultural gratuita para professores e alunos


A Fundação Dorina Nowill para Cegos vai proporcionar programação cultural gratuita para professores e alunos a fim de apresentar a Coleção Diferenças! Uma coleção com cinco livros infantis impressos em fonte ampliada e braile que exploram o conceito “Ensinando a respeitar a diversidade”.

O objetivo é estimular a educação inclusiva e abordar cada uma das deficiências: visual, física, auditiva, intelectual e múltipla, buscando uma reflexão e conscientização sobre o tema. Serão distribuidos 3 mil exemplares da Coleção Diferenças para cerca de 600 bibliotecas, escolas, prefeituras, secretarias e ONGs.

Essa distribuição e divulgação em escala mais ampla permite que não apenas as crianças com deficiência sejam beneficiadas com o projeto, mas também as crianças que enxergam que, ao serem expostas ao livro acessível, aprendam uma nova forma de escrita e leitura que é o Braille e conheçam realidades diferentes das que elas vivem e estão acostumadas.

O projeto é coordenado pela Sapoti Projetos Culturais, empresa de larga atuação na área cultural, tendo como seus principais projetos a coordenação dos programas educativos do Centro Cultural Banco do Brasil, sedes Rio de Janeiro e São Paulo, a coordenação do programa educativo do Museu do Meio Ambiente, Jardim Botânico do Rio de Janeiro, além de desenvolvimento de ações para empresas e instituições como a Fundação Roberto Marinho, SESC São Paulo, entre outras.
 

Na cidade de Recife, serão realizados dois dias de programação:


Sexta-feira 28/09/2012

Oficina de Capacitação para professores e Educadores
Por que contar histórias? Qual é o papel do contador de histórias? Como contar histórias para crianças com algum tipo de deficiência?
A proposta da oficina é abrir um leque de idéias e recursos para maior interação entre livro e leitor ou história e expectador. Com essas “ferramentas” os educadores participantes poderão dinamizar suas bibliotecas, aproximar os alunos, despertar o prazer pela leitura, integrando a criança portadora de necessidade especial.

hora: 15h as 18h
vagas: 100 lugares
local: Escola Oi Kabum! – Rua do Bom Jesus 147, Bairro do Recife

Inscrições:
Para participar os interessados deverão enviar mensagem ao endereço colecaodiferencaspernambuco@gmail.comcom o asunto “PARTICIPAÇÃO NA OFICINA PARA EDUCADORES” informando Nome, telefone, Instituição que representa, e falar brevemente sobre suas práticas educativas e em que sua participação no evento facilitará essas práticas.
_________________________________________________________________

Sábado 29/09/2012
Contação de Histórias para Crianças com e sem Deficiência Visual
Hora do conto para famílias. Histórias com muita música, adereços e participação do público. Em cada sessão serão apresentados os livros da Coleção Diferenças e outras histórias divertidas do nosso folclore.

hora: Sessão 1=9h30 as 11h30 | Sessão 2= 11h30 a 13h30
vagas: 100 lugares
local: Escola Oi Kabum! – Rua do Bom Jesus 147, Bairro do Recife

Inscrições:
Para participar os interessados deverão enviar mensagem ao endereço colecaodiferencaspernambuco@gmail.comcom o asunto
” PARTICIPAÇÃO NA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS”, e neste informar Nome e idade da criança e de seu(s) acompanhante(s), telefone para contato e indicar o horário de sua preferência.

Dúvidas:
(81) 9211-6194 (produção Local)

Educadores que irão ministrar as atividades:

Gabriel Sant´Anna é ator formado pela Escola de Teatro Martins Pena e graduado no curso de Educação Artística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Participou de importantes eventos ligados ao universo da contação de histórias nos últimos anos, tais como: Ciranda de Histórias, Paixão de Ler; Simpósio Internacional de Contadores de História; Bienal do livro do Rio. É autor de livros e peças teatrais e desde 2007 produz o ciclo de leituras dramatizadas "Negro olhar" que já contou com os patrocínios da Caixa Cultural (2008), Prêmio Mirian Muniz de Teatro (2010) e Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro (2011). Desde 2009 participa do projeto “Segundo Turno Cultural” da Secretaria de Cultura da cidade do Rio de Janeiro onde ministra oficinas de contação de histórias para alunos do município. Trabalhou como arte-educador do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB/RJ) de 2006 a 2012 quando assume o cargo de Coordenador Artístico - Artes Cênicas e Música, responsável pelo direcionamento artístico em ações educativas.

Suzana Nascimento é atriz e contadora de histórias. Iniciou o trabalho de atriz há 20 anos e atualmente integra o Brecha Coletivo, onde atua em espetáculos, treinos, pesquisas e intervenções artísticas urbanas, além de ter trabalhos em cinema e tv. Contadora de histórias há 12 anos, já se apresentou em teatros, museus, livrarias, escolas, programas de TV e rádio, galerias de arte, simpósios, bienais e espaços abertos. Ministra oficinas de contadores em parceria com os Tapetes Contadores de Histórias e com a Secretaria de Cultura/RJ. Integrou a equipe de arte-educadores do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB/RJ) durante 5 anos, entre 2002 e 2007.

Nenhum comentário:

Postar um comentário