quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Festival de Dança do Recife toma conta da cidade

Grupo Matulão de Dança. Foto de Marília Oliveira

Até o dia 27 de outubro, serão oferecidas oficinas gratuitas nos Compaz Eduardo Campos e Ariano Suassuna e em diferentes equipamentos culturais da cidade. Entre os dias 21 e 29, artistas e grupos locais e nacionais apresentarão espetáculos em vários teatros da capital do Frevo

Até 29 de outubro, o Recife será todo coreografia e movimento. Com programação espalhada por vários pontos da cidade, o Festival de Dança do Recife, realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, chega à sua 22ª edição, com mais de 14 espetáculos e dezenas de bailarinos na grade, além de oficinas e vivências rítmicas para iniciados e iniciantes.

Entre as atrações escolhidas para subir aos palcos do festival estão grupos e artistas locais, como Bacnaré, Cia do Frevo, Stúdio de Danças, Cia Amazing, Grupo Cultural ZOE, Andréa Carvalho e André Felipe, Lili Vidal e Kelson, Ballet Simone Monteiro, Cristian Douglas, Jeferson Andrade e Munique Munir, Valdeck Farias, Cia Carol Lemos D’ançarte, Ária Social, Cia Endança, Ballet Claudia São Bento, Cláudio Sobral, Roberto Cristiano, Cia PE-Nambuco de Dança PE e Ginga Bboys e Bgirls.

Também não faltarão bailarinos e companhias de várias partes do país, como os mineiros Igor Kisrcka e Cia Mário Nascimento, as paulistanas Diadema Cia de Dança e São Paulo Cia de Dança, além da Cia Giro, de Goiás, da paranaense Curitiba Cia de Dança, e da petrolinense Cia Qualquer Um de 2.

Uma novidade do festival deste ano é que, além de apresentações nos teatros de Santa Isabel, Apolo, Hermilo, Barreto Júnior e Luiz Mendonça, haverá também programação itinerante, no Compaz Eduardo Campos, no Alto Santa Terezinha, e no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, para levar a dança a todos os cantos da cidade e formar público para a linguagem entre recifenses de variadas idades e CEPs. Os espetáculos custarão R$ 10 e R$ 5 (meia). E os ingressos estarão à venda na bilheteria de cada teatro.

Oficinas- Embaixo do palco, a cidade começa a respirar cultura e dança mais cedo. Já a partir de amanhã, públicos de diferentes idades e perfis podem participar das nove oficinas gratuitas, que serão oferecidas até o dia 27, nos teatros Luiz Mendonça, Hermilo Borba Filho, Paço do Frevo, Escola de Frevo do Recife e nos Compaz Governador Eduardo Campos e Escritor Ariano Suassuna.
Os interessados podem fazer sua inscrição pelo e-mail : servicosdedancafccr@gmail.com, informando o nome da oficina no título da mensagem e encaminhando anexado um breve currículo. As inscrições também poderão ser feitas presencialmente, a partir de amanhã (17), no Pátio de São Pedro, Casa 10 – térreo, Bairro de São José. Mais Informações pelo telefone: 3224-3257.

Pedro Mariano se apresenta no Recife acompanhado por orquestra



Filho de Elis Regina e do pianista César Camargo Mariano, o músico apresenta seu novo projeto em show inédito, dia 20 de outubro, no Teatro RioMar

Herdeiro de Elis Regina e do pianista César Camargo Mariano, Pedro Mariano chega ao Teatro RioMar Recife com novo projeto intitulado “Pedro Mariano e Orquestra – Show DNA”. Após estreia em julho na capital paulista, o artista apresentará ao público pernambucano canções que representam sua trajetória de vida, em única sessão, dia 20 de outubro. A tour passa ainda por Rio de Janeiro, Salvador e, novamente, São Paulo para gravação do CD e DVD. Ingressos já estão à venda a partir de R$ 25 (serviço abaixo).

Mostra de Pífanos e Rabeca traz concerto gratuito no Centro do Recife

Espetáculo reúne, nesta quarta-feira (18/10), os artistas Aglaia Costa e Thiago Martins para um dueto inédito no Teatro Arraial Ariano Suassuna

Após duas apresentações, o projeto Sesc no Arraial – Mostra de Pífanos e Rabeca realizará esta semana o terceiro encontro musical na capital pernambucana. Nesta quarta-feira (18/10), a partir das 19h30, os músicos Aglaia Costa e Thiago Martins sobem ao palco para um dueto de  rabeca  no Teatro Arraial Ariano Suassuna, no bairro da Boa Vista, Centro. O concerto é aberto ao público.

É a primeira vez que os artistas se apresentam juntos. Violinista da Orquestra Sinfônica do Recife, Aglaia Costa é compositora e traz um repertório requintado mesclando o cancioneiro popular nordestino com a música erudita. Do outro lado, Thiago Martins é um artista eclético, que já compôs para trilhas sonoras de filmes e também escreve poesias. Dono de uma voz potente, foi vencedor do Festival de Música Independente e do Festival de Literatura do Recife.

Sesc no Arraial – A Mostra de Pífanos e Rabeca estreou em agosto deste ano e, desde então, já realizou duas apresentações em parceria com o Teatro Arraial Ariano Suassuna. Em novembro, acontecerá a quinta e última edição do projeto, que vai reunir o artista João do Pife e a Banda de Pífano Dois Irmãos de Caruaru.

Serviço – Duo para Rabeca com Aglaia Costa e Thiago Martins
Local: Teatro Arraial Ariano Suassuna, Rua da Aurora, 457, na Boa Vista
Horário: das 19h30 às 21h
Entrada gratuita
Abertura da bilheteria para retirada de ingresso: 18h30
Informações: (81) 3224-7577


Hoje o projeto Quartas da dança recebe o espetáculo AnDanças, da quadrilha Raio de Sol

 Espetáculo AnDanças, da Raio de Sol

A saudade do São João passará longe do Teatro Barreto Júnior, nesta quarta-feira. A quadrilha Raio de Sol apresentará o espetáculo AnDanças, pelo projeto Quartas da Dança
Nesta quarta-feira (18), o grupo de quadrilha Raio de Sol apresentará o espetáculo AnDanças, no Teatro Barreto Júnior. A atração faz parte do projeto Quartas da Dança, uma articulação da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife, e do Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura e da Fundarpe.

O Quartas da Dança busca movimentar equipamentos culturais da cidade e fomentar o trabalho de artistas locais. Para isso, há o incentivo ao uso do teatro pagando apenas 10% da arrecadação do espetáculo pela ocupação. São os teatros Arraial Ariano Suassuna e Barreto Júnior que recebem o projeto durante todas as quartas, até dezembro de 2017, com apresentações de dança. 
AnDanças foi um dos seis espetáculos selecionados pelo projeto para o segundo semestre de 2017.  A apresentação terá início às 20h, com um conto de aventura ao som de Dominguinhos, Milton Nascimento e vários artistas célebres.

Os ingressos desta segunda temporada do Quartas da Dança custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). E são vendidos nas bilheterias dos teatros.

Confira o calendário de apresentações: 

Teatro Barreto Junior
- Andanças: Louvação a São João (Quadrilha Junina Raio de Sol): 4 e 18 de outubro, às 20h
- Ser Tão Ariano (Cia Sopro-de-Zéferino, do Ária Social): 1 de novembro, às 20h

Teatro Arraial Ariano Suassuna
- Destramelar (Grupo Destramelar): 1 e 8 de novembro, às 20h
- Dançando para Yansã (Balé Afro Raízes): 6 e 13 de dezembro, às 20h


Cinema São Luiz

A semana no Cinema São Luiz

A semana de 19 a 25 , abre nesta quinta-feira para a criançada com "O que será de nozes 2", um filme de Cal Brumker. E a estreia do filme venezuelano El Amparo, de Rober Calzadilla, que conquistou o Troféu Bandeira Paulista e ainda o Prêmio de Melhor Roteiro,  na 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. E ainda recebeu o Prêmio do Júri Internacional de Melhor Filme.

Programação da SEMANA   19  a  25  de  OUTUBRO
O  QUE  SERÁ  DE  NOZES  2
The Nut Job 2: Nutty by Nature, EUA, 2017, 91min., DUBLADO.gal, 99min, português, ficção, Gênero: Animação. Direção:  Cal Brunker
Classificação  Etária:  LIVRE

Sinopse
A aventuras de Surly e seus amigos, Buddy, Andie e Precious continuam. Eles descobrem que o prefeito de Oakton está planejando construir um parque de diversões gigante no Liberty Park, o que vai acabar com o lugar onde eles moram. A turma agora precisa se unir para salvar sua casa e derrotar o prefeito.
DIAS E HORÁRIOS:
Quinta/ sexta/sábado/domingo/ terça/quarta: 14h

ESTREIA  NESTA QUINTA às 17h40:
EL   AMPARO 
El Amparo, Venezuela, 2016, 99min., LEGENDADO. Gênero: Drama. Direção:   Rober  Calzadilla.  Elenco:    Vicente Quintero, Giovanny García,  Vincente  Pena.
Classificação  Etária:  12  ANOS
Sinopse
Baseado em fatos reais, quando, em 1988, na cidade de El Amparo, fronteira com a Colômbia, dois pescadores sobrevivem a um ataque armado nos canais do rio Arauca, no qual 14 de seus companheiros morreram. O Exército venezuelano os acusa de serem guerrilheiros e tenta tirá-los da prisão onde estão sob custódia de um policial e de um grupo de moradores locais que impedem que os levem dali. Ambos dizem que são simples pescadores, mas a pressão para eles reproduzirem a versão oficial é grande.
DIAS E HORÁRIOS:
Quinta e sábado: 17h40.
Sexta: 20h10.
Domingo: 19h50.
Terça: 19h45.
Quarta: 15h50.

ZV Galeria inaugurada com a mostra Combustão, de João Lin


Promover a experimentação nas artes visuais é a proposta do espaço, no Pina


Tatuador Nando ZevÊ

A mostra Combustão, do artista plástico João Lin, marca a estreia do novo espaço das artes visuais no Recife. Trata-se do ZV Studio e Galeria, na Galeria Joana D'Arc, no Pina, que se configura como um ambiente híbrido de estúdio de tatuagem e local de experimentação com exposições, debates, cursos e residências artísticas. A proposta de Nando Zevê, artista, tatuador e idealizador do formato, é possibilitar experimentações entre as diversas expressões das artes visuais e conferir o que brota dessa mistura.

João Lin

Os trabalhos de João Lin estarão à venda e a mostra Combustão fica em exibição até 17 de dezembro. A visitação poderá ser feita de quarta a sábado, das 14h às 21h. Agendamentos podem ser feitos por meio do agendamentozvtattoo@gmail.com. O acesso é livre.

Agendamento:nandozeve@gmail.com 


A tatuagem é um fenômeno que se deu em diferentes partes e povos do mundo, cada um com suas técnicas e propósitos, fossem eles combativos, religiosos ou culturais. Os primeiros registros remontam aos anos 2.000 a.C, tendo a primeira máquina elétrica de tatuagem sido patenteada no século XIX, em 1891. Fato é que, nesses milhares de anos, a reprodução de padrões sempre foi uma constante. Ou era, até pouco tempo atrás. A evolução das técnicas e materiais utilizados para a pintura corporal permanente e a popularização da tatuagem fez com que começasse a surgir, a partir do início dos anos 2000, uma geração de artistas com trabalhos totalmente inovadores.

Espetáculo “Um minuto pra dizer que te amo” estreia no Teatro Marco Camarotti



Debatendo sobre o mal de Alzheimer, a peça do Matraca Grupo de Teatro entra em cartaz de 18 a 21 de outubro, sempre às 19h30

Abordando de forma poética e contemporânea o Mal de Alzheimer, com um enredo que coloca em cena um homem velho com o seu filho e uma mulher e sua cuidadora, separados pela doença, o espetáculo “Um minuto pra dizer que te amo” estreia nesta quarta-feira (18) no palco do Teatro Marco Camarotti, no bairro de Santo Amaro, área central do Recife. Dirigido por Rudimar Constâncio, a montagem, mais uma produzida pela Matraca Grupo de Teatro, do Sesc Piedade,  ficará em cartaz até o dia 21 deste mês, sempre às 19h30. Os ingressos custam R$ 15 (comerciário, dependente e meia) e R$ 30 (público em geral). 

Amor, amizade, dedicação e companheirismo são alguns dos sentimentos que permeiam o universo de duas mulheres: a mãe de Lúcio e Amélia, uma cuidadora contratada, que, por meio da música, criou pontes capazes de trazer de volta as lembranças da mãe de Lúcio. Ao mesmo tempo, acontece o encontro de pai e filho, no mesmo espírito de amor e respeito. As cenas se consolidam em uma trajetória de vida, memória, narrativa e morte. 

“Os personagens embarcam numa aventura lúdica em busca das melhores lembranças e se deparam com conflitos e com a certeza de que só um amor incondicional é capaz de transformar todas as adversidades que a doença lhes impõe. Na peça, destacamos a poeticidade da vida e de sentimentos comuns aos seres humanos, independente de possuir ou não o Mal de Alzheimer”, explica o diretor Rudimar Constâncio.

A montagem foi produzida em um processo colaborativo com o método Viewpoints, envolvendo seis pessoas com diferentes pontos de vista sobre a peça. O trabalho resultou na escolha de 12 cenas. O texto é de Luiz de Lima NAvarro, em criação colaborativa com os atores e ainda as inserções e debates com o dramaturgo Moisés Neto. 
“Trouxemos para o palco não somente a abordagem sobre a doença, mas uma discussão conceitual em relação à memória e à narração, em seus vários aspectos, o que foi essencial para a formação desse espetáculo”, afirma Constâncio. Os atores vêm se dedicando há 10 meses ao processo de criação de seus personagens e cenas. O elenco é composto por Carlos Lira, Célia Regina, Vanise Souza, Edes di Oliveira, Douglas Duan e Lucas Ferr. O grupo presta homenagem aos 40 anos de carreira do ator Carlos Lira (foto).


Serviço:
Espetáculo “Um minuto pra dizer que te amo”
Data: 18 a 21 de outubro
Horário: 19h30
Local: Teatro Marco Camarotti, Sesc Santo Amaro, Rua 13 de maio, nº 455.
Ingressos: R$ 15 (comerciário, dependente e meia) e R$ 30 (público em geral)
Informações: (81) 3216.1616




terça-feira, 17 de outubro de 2017

Happy Holi volta ao Recife com turnê Evolution

Karine Larre
Evento eletrônico é censura livre e começa às 14h na área externa do Centro de Convenções

Nascido em Portugal, o festival eletrônico Happy Holi volta a Recife para sua quarta edição. Neste novo encontro, a chegada da turnê Evolution que apresentará um palco totalmente novo e tecnológico além do novo momento da festa: as bisnagas de tinta neon para mais um espetáculo, só que à noite. No line up os DJ's Tom, Karine Larre, Chris Leão, Lyopak e Doozie. A festa começa às 14h e a censura é livre. Ingressos a R$ 60 (pista) e R$ 80 (backstage) à venda na Bilheteria Digital e nas lojas Chilli Beans dos shoppings Recife, Riomar, Tacaruna e Boa Vista.